Publicidade

Como fazer um Planejamento de Treinamento Físico no Futebol








O futebol é, por si só, um esporte intermitente e tem exigências físicas das mais variadas e complexas, pois engloba um grande conjunto de valências motoras. Dentre estas valências, pode-se destacar os índices de força, resistência, velocidade e coordenação neuromuscular dos indivíduos. A constante melhora e equilíbrio de todos estes atributos físicos é o ponto fundamental na preparação física e técnica de um atleta.

Por isso, a aplicação correta dos princípios do treinamento esportivo é fundamental neste esporte e está diretamente correlacionada com o aumento do desempenho individual do atleta.

O futebol profissional tem seu alicerce maior nas categorias de base, onde os atletas dão os primeiros passos na sua formação atlética. Nesta etapa, acontece a iniciação esportiva dos garotos e garotas. A formação técnica no futebol, tática, cognitiva e psicológica é iniciada, transformando-os em atletas aptos para realizarem suas atividades nos mais altos níveis de intensidade e exigências condizentes com o esporte.

A periodização no futebol ganhou um grande caráter científico e tecnológico na era da informação, pelo motivo de possuir inúmeros fatores intervenientes que estão relacionados entre si e que não podem passar despercebidos. Dentro desse parâmetro, fica cada vez mais difícil organizar e estruturar as cargas de trabalho, e planejar o período competitivo somente através da intuição sem um embasamento científico atualizado.

O questionamento do melhor método de planificação ou estruturação do treinamento deve passar primeiramente por uma análise das características dos atletas e seus estados físicos e mentais, do calendário competitivo, dos objetivos a serem alcançados em uma ou mais competições, da disposição tática que a equipe pretende atuar e dos períodos onde o atleta demandará estar no ápice da sua performance, juntamente com os períodos de recuperação necessários para a distribuição das cargas de trabalho, no tempo correto, entre a preparação e competição, para que não desrespeite a nenhum dos princípios do treinamento esportivo. Embora o planejamento ou estruturação anual sirva de norteador na montagem das cargas de trabalho dos microciclos e das sessões diárias, a observação dos atletas nesses períodos, tal como a flexibilização no momento da aplicação das cargas também merece destaque.

O calendário competitivo parece surgir como papel principal dentro da periodização do futebol de campo contemporâneo, pois somente com o calendário de competições definido se torna possível traçar metas nos mais variados aspectos. A periodização para uma equipe que engajar somente em uma competição e terá um período preparatório será totalmente diferente de uma equipe que apresentará um período preparatório reduzido e disputará três competições simultâneas. Além destes fatores, o futebol de campo apresenta outras diversidades a serem observadas tais como as diferentes funções dos atletas dentro da equipe, onde cada um apresentará um repertório de qualidades físicas, técnico-táticas e psicológicas.


Você não pode perder:

Ebook Gratuito: Passe no Futebol
Receba primeiro os posts deste Blog
Grupos de Whatsapp sobre Esportes




Comente:

Nenhum comentário